CHAVE DO VIVER


Amo porque amar é sublime
É o mais puro sentimento que se exprime
Amo porque amar é ter uma fonte de luz
É  mais perfeita trilha que nos conduz
Amo, amo muito porque tenho vida
Porque a esperança jamais será perdida
Amo com o maior  e mais profundo amor
Porque ao amar, supero qualquer dor
Amo tanto que renego até meus anseios
O amor me encoraja, afasta os receios
Amo porque amar é ter em mim a própria alegria
Amar é poder ver as cores vivas a cada dia
Amo  porque amar é realizar um sonho
Porque amando, ao ódio me sobreponho
Amo porque  segredo para viver é amar
Porque e neste caminho que gosto de andar
Que todos se proponham a amar, eu conclamo
O amor nos leva a ter paz, por isso é que eu amo.




José Luiz Brito.




SAUDADE


Queria te abraçar, te namorar agora
No portão, na esquina ou sobre o muro
Queria te envolver completamente
Queria estar com você num cantinho escuro
Em qualquer lugar que fosse
Queria desfrutar de tua companhia
Sim estar a teu lado ternura
Estar contigo em completa sintonia
Lembrei do teu jeitinho meloso
Tua voz manhosa em meus ouvidos
Quando e derrete em amores
Me desperta, me aguça os sentidos
Toda as boa sensações experimento
Vem, você me encanta me fascina
Você alegra e completa a minha vida.

TUA BELEZA


Um sorriso encantador
A própria visão do amor
Um olhar cheio de brilho
Nele me vejo um andarilho
Um jeitinho tímido de ser
Um formosura no viver
Uma forma única de expressão
Um perfeita e bela visão
Tua beleza sublime é assim
Domina prende e rege a mim.




José Luiz Brito

UM MOTIVO A MAIS



A felicidade é como uma dádiva
Vem assim tão especial como um presente
Quando não se espera surge e como é boa a surpresa
As esperanças se renovam, o sorriso se torna mais prazeroso
Conhecer alguém que te faça sentir assim é o melhor dos presentes
Saber que tem alguém a todo momento pensando em você
Saber que um coração pulsa no mesmo ritmo do seu
Saber que esse alguém especial se emociona com sua emoção
Realmente é um motivo a mais pra ter vontade de viver
Quando recebemos um grande e lindo presente de Deus.

PRESENTE DO CÉU



Bom dia doce lindo com  gosto de mel
Amor enviado diretamente do céu
Amor crescente, distante mas não ausente
A cada dia provando ser do alto um presente
Meu carinho por você é imenso
Junto a ele a harmonia de um amor intenso
Você me leva aos lugares mais lindos
Onde só a emoção permite chegar
Você é paz, é luz, é doçura
É tudo de lindo que alguém possa desejar

QUERO SER



Quero ser o motivo dos teus sorrisos
Quero ser a razão da tua alegria
O prazer de um momento único
Tua canção feliz no dia a dia
A realização de um sonho
Que é agora e não pode ficar pra depois
Quero ser a fonte dos seus desejos
A esperança de um futuro a dois
Quero adormecer sentindo o teu calor
Sentir teu encanto no despertar dos dias
O consolo se vier o dia triste
Quero ser  teu ombro sempre amigo
Te mostrar que o amor existe
Quero me tornar tudo para você
Ser seu refúgio na tempestade
Quero ser o seu motivo de viver
Quero ser sua total felicidade.

LUA DO AMOR



Lua azul, lua branca, não importa a cor
O que importa é que és a lua do amor
Lua que nos enche os olhos e a tudo clareia
Quando em seu resplendor se mostra cheia
Lua das belezas estonteantes
Lua de fulgor e raios cintilantes
Impossível resistir ao teu encanto
Quantas vezes gerou um alegre canto
Seu intenso brilho também inspira um poema
Em frases e versos um prazeroso tema
Lua linda, lua perfeita é como te chamam
Falando de ti que abençoa aos que amam.


José Luiz Brito. 

ARMADILHAS



Eu andei por um caminho
Onde pensei que não precisava ter medo
Mas de repente pisei num espinho
Tentei me escorar no arvoredo
Não consegui, meu destino foi o chão
Fiquei sem um ombro pra chorar
Aprendi na queda uma dura lição
Ter cuidado sempre pra não me machucar
Por mais tranquila que pareça a trilha
Armadilhas sempre vão surgir
Agora sozinho nesta ilha
Não tenho mais rumo a seguir
Meus passos entregue ao destino
Ao léu da sorte sem direção
Aos prantos voltei a ser menino
Esqueci até mesmo a bela canção
Mas da chuva fria vou me proteger
Em algum momento a sorte vai mudar
O mundo não há de me esquecer
Alguém verá meu sinal e virá me resgatar.


José Luiz Brito

A MUSICA PAROU


Eu não queria que a musica parasse de tocar
Eu não queria que o vento parasse de soprar
Mas agora já não ouço mais a linda canção
A brisa suave não acalenta mais meu coração
A harmonia subitamente sucumbiu
Deu lugar a tristeza que me invadiu
Não vejo mais as rosas em vivas cores
Me vejo novamente mergulhado em dores
Meu caminho não tem mais aquela luz
O marasmo voltou e sinto que me conduz
Meu grito não ecoa mais pelos montes
Meus olhos não vislumbram horizontes
Algo que se foi diz que tudo em mim morreu
Acabou-se o  meu sorriso, acabou-se o meu eu.



José Luiz Brito.


A SEMENTE DO AMOR



Você conhece a semente do amor
Ela é suave, delicada como uma rosa
Sensível não pode sentir dor
Para crescer forte, firme e graciosa 
Quem a planta tem alegria e satisfação
Já ao cuidar colhe frutos especiais
Pois já desperta para si uma admiração
Vê surgir carinho proteção e muito mais
Sempre terá retorno quem a ela se dedicar
Suas raízes serão sempre uma fortaleza
Seu cheiro perfumará a vida de quem dela cuidar
E as cores do amor encherão de beleza
Que a semente do amor cresça a cada dia
Que frutifique e seja parte nosso viver
Que traga todo bem e nos encha de alegria
A semente do amor é o nosso bem querer.



José Luiz Brito & Cláudia Giovana.

PASSAPORTE DO AMOR



Se até agora soprou o vento forte
Você achava que não teria mais suporte
Se pensou que não há quem se importe
Chegou a sentir que o que restava era a morte
Se não conseguia visualizar o norte
Estava sem esperanças de ver a sua sorte
Neste momento passara a dor como num corte
É a felicidade te enviando o passaporte
Para que no porto seguro do amor você aporte.







ÚNICA RIQUEZA


Eu quero sentir a natureza
Me ver protegido por toda essa grandeza
Intrépida mas toda cheia de frescor e sutileza 
Quero desfrutar da sensação de leveza
Me envolver a cada instante com toda essa beleza
Viajar dentro de mim e encontrar a certeza
De que há um poder maior e cheio de destreza
 Quero sorrisos de alegria ao invés de tristeza 
No mar da vida me deixar levar pela correnteza
Na águas claras me livrar da minha impureza
Quero sentir calor humano contra a frieza
Mostrar a todos que viver em paz é a única riqueza
Sempre ver as coisas com sobriedade e singeleza
Um dia dizer que da vida absorvi a mais pura nobreza.



José Luiz Brito.


                     

GRATO A DEUS



Eu poderia ser alguém esquecido
Como um som uma vez produzido
Depois não mais repetido
Eu perderia da vida o sentido
Meu interior seria vazio ressequido
Meu grito preso, na garganta retido
Mas ao amor fui submetido
Sou feliz por tê-lo percebido
Meu sorriso feliz incontido
O melhor que me poderia ter acontecido
Sou grato a  Deus por ter te conhecido.



José Luiz Brito.

CAMINHOS DOS SONHOS



Um dia sonhei que estava feliz
Sonhei que sorria contente
Caminhava na estrada que sempre quis
Com destino certo seguia em frente
A felicidade estampada no rosto
Meus passos me conduziam á satisfação
Cada curva era vencida com gosto
Revelando os horizontes da contemplação
O lugar desejado parecia distante
Mas o desejo de chegar me renovava
Finalmente cheguei ao ponto aconchegante
Lugar tranquilo que a alma desejava.



José Luiz Brito.

O QUE EU SOU


As vezes me pergunto o que eu sou
Meus pensamentos voam a procura das respostas
Posso ser o vento suave que te acariciou
Posso ser a mão que te afaga como gostas
Posso ser a água que te banha na praia
Ou quem sabe ser a luz que faz refletir a sua imagem
Posso ser o braço forte a impedir que você caia
Ser a mão estendida quando estiveres a margem
Mas eu queria ser de verdade
A fonte dos teus pensamentos
Fazer parte deles com toda intensidade
Ser a paz dos teus momentos

Posso ser uma fonte infinita de palavras em versos
Posso ser o sol a te aquecer com meu calor
Posso ser um pensamento entre outros diversos
Posso ser uma voz na luta pelo amor
Posso ser apenas quem te fez um bem
Alguém que te alegrou o coração
Posso ser tudo e posso não ser ninguém
 Se for digno apenas de sua gratidão.



José Luiz Brito.

LIBERTAÇÃO



Que não seja preciso  chorar de dor
Que não seja preciso sofrer dissabor
Que não seja turvo o amanhecer
Que não seja dramático o anoitecer
Que não seja fingido o sorrir
Que não venha o rancor a afligir
Que não sejam os sonhos desfeitos
Que não sejam perdidos momentos perfeitos
Que não se perca a alegria do viver
Que não se perca a oportunidade de aprender
Que não venha o passado sufocar o presente
Que não domine o ontem, a nossa mente
Que não se fique em cima do muro
Que não venham ilusões ofuscar o futuro
Que não se deixe de pra frente caminhar
Que não haja nada que possa o caminho bloquear.



José Luiz Brito.

A VOZ DO VENTO




Se podes sentir o vento
podes também ouvir sua voz
Na mensagem traz o alento
Que acalma a todos nós
Abra os ouvidos da sensibilidade
Deixe-o falar naturalmente
No sopro da liberdade
Ele diz: Siga em frente
Solte-se ao ar com leveza
No movimento da elevação
No peito tenha sempre a certeza
Que o futuro é sua direção
Deixe-se levar aos quatro cantos
Conheça maravilhas que jamais viu
Existem ainda mil encantos
Sinta emoções que nunca antes sentiu
Apenas viajando na leve brisa
Na suavidade do ar em movimento
Como um carinho que em seu rosto desliza
Quando consegues ouvir a voz do vento.





                                                                                                                         José Luiz Brito

MEU CASULO




Aprendi a entrar no meu casulo
Quando tudo parece sem sentido
Quando me entristeço me encabulo
Quero esquecer de tudo e por todos ser esquecido
Ali dentro acompanhado da solidão
A coisas naturalmente vão acontecer
A necessária mudança e toda transformação
me tornarão sempre um novo ser
Esterei imóvel encolhido em meu interior
Não importará a vida lá fora
Pois no tempo certo, o casulo irei transpor
Transformado, renovado livre para ir embora.





                                                                                                       José Luiz Brito

CASAL APAIXONADO




Minha namorada é linda
É suave tem cheiro de flor
Sua beleza é infinda
Seu olhar é um amor
Sua palavras cheias de  ternura
Sempre me enchem de emoção
É minha luz, claridade pura
Presente do céu, minha contemplação
Sou dependente do seu olhar
Sou carente do seu carinho
Sou um  fã a admirar
E a segui-la por qualquer caminho


Meu namorado é incrível
Mantém acesa a chama do amor
É sempre sensível
Me enche de calor
Sempre tem algo a me oferecer
Sou grata pelo que me faz sentir
É por mim  muito apaixonado, é um adorável ser
Sente alegria ao me ver sorrir
Meu amor por ele é muito sincero
Ama-lo me causa prazer
Ele é tudo que mais quero
Muitas coisa lindas, juntos vamos viver.




                                                                                           José Luiz Brito & Claudia Giovana

LIMIAR DA LIBERDADE




A cada dia, a cada momento que cresço
Na luz do entendimento, me vejo e me reconheço
No limiar da liberdade meu interior se descobre
Me vejo livre de pensamentos que me tornavam pobre
Posso ser tudo que quiser, trilhar qualquer caminho
Sem me ferir, pisar o mais agudo espinho
Ultrapassar barreiras do impensável 
Realizar as mais belas coisas do inimaginável
Imortalizar, eternizar no infinito minhas ideias
Mostrar aos séculos o que corre em minhas veias
Não mais confundo sentimentos e emoções
Independo de seguimentos idealismos e religiões
Posso enfim livremente ser parte integrante do firmamento
completamente incorporado, em perfeito movimento.




                                                                                                               José Luiz Brito


MEU JEITO DE AMAR




Meu jeito de amar é alegre e autêntico
É sincero puro e verdadeiro
Meu jeito de amar é romântico
Me doo, me dedico por inteiro
Meu jeito de amar é com total entrega
Não suporta ver triste um coração
Antes se comove e se renega
Pois pra mim o que importa é a união
Meu jeito de conquistar é me abrindo
Deixando todas as portas abertas
Pois não é com palavras bonitas sorrindo
As ações é que mostram as atitudes certas
Meu jeito de amar é livre e solto, sem resistências
Meu jeito de amar busca sempre reciprocidade
Sem segredos ou sombras de experiências
Duas partes entrando e saindo com liberdade.






                                                                   José Luiz Brito

SINTO PAIXÃO



Sinto paixão quando te abraço forte
Recebo a energia do teu carinho
Sinto paixão quando vejo em teus olhos
O brilho das estrelas
Sinto paixão quando  caminho a teu lado
Com os dedos entrelaçados
Sinto paixão quando ouço a tua voz 
Me chamando de amor
Sinto paixão quando tenho a certeza
De que o nosso sentimento será eterno
Sinto paixão, sinto paixão, sinto paixão...







                                                                                               Claudia Giovana

RENOVAÇÃO



Na solidão vive-se um estado nostálgico
Muitos pensamentos, muitas incertezas
A vida parece não ter cores vivas
Tudo parece ter um tom cinzento
Todas as expectativas ficam no obscuro das imaginações
Perguntas sem respostas, frases incompletas
Tudo em volta torna-se triste e a vida sem motivos
Fica-se a um passo da temida depressão
Tudo que se quer neste momento é um ombro
Um abraço, um afago uma voz consoladora
Uma simples e pequena porem forte emoção
Algo que faça com que se renovem as forças
Para levantar e prosseguir
Levando a esperança de que num momento mágico 
Tudo possa mudar
Encontrar uma pessoa que faça enxergar
Que apesar das rotinas da vida
Há muito a se comemorar
Que existe alegria de viver
Que sempre há alguém para caminhar junto
E a partir deste encontro a solidão se vai
Permanecendo na vida somente o prazer
De partilhar momentos bons
Então se diz: Seja bem vinda alegria
Bem vindo amor.




                                                                                     José Luiz Brito & Claudia Giovana


MINHA AMIGA LUA



Gosto muito da minha amiga lua
Comigo ela não tem mistérios e segredos
Sempre que caminho triste pela rua
Minha amiga me pergunta quais são o s meus medos
Abro pra ela meu coração, minha vida
Ela retribui a confiança expandindo seu brilho
Me aconselha quando voltar ou não, ao ponto de partida
É tanto carinho que as vezes me sinto seu filho
Gosto muito da minha amiga lua
Ela sempre me mostra a verdade
É uma amizade pura sincera e nua
Tudo isso nas noites pelas ruas da cidade
A ela faço todas as minha confidências
A vezes a lua é minha principal companheira
Me ouve atentamente sem resistências
Obrigado amiga lua por estar comigo a vida inteira   






                                                                                      José Luiz Brito

CAMINHOS DA VIDA



A vida ensina muito a quem quer crescer
E apresenta vários rumos, vários caminhos
Muitos destes caminhos sempre foram marcados
Por momentos de dor e tristeza
Porém são momentos que permitem aprender
Existem também as marcas de alegria
Que se tornam lembranças boas para sempre
Lembranças de coisas do coração
Lembranças de inesquecíveis amizades
De tudo que aprendemos ao longo do caminho
Em algum momento da vida algo fará sentido
É preciso estar pronto a entender
A cada nova experiência que surgir
Aproveitar, absorver o que vier de bom
Quem manter a sensibilidade ativa
A cada dia compreenderá e aceitará 
A vida como ela é.








                                                                                   José Luiz Brito & Claudia  Giovana

VIVER É TUDO



Se alguém te desprezou um dia
Eu quero para sempre te honrar
Se alguém te fez produzir lágrimas
Eu quero te ver sorrir e não chorar
Se alguém te mostrou um rio de tristezas
Eu quero te mostrar a cura dessa dor
Se alguém não soube te amar
Eu quero te sentir, te dar amor

Se alguém te apagou a luz da vida
Eu quero reascender, tirar você desse escuro
Se alguém te prendeu no passado
Eu quero te libertar pro futuro

Se alguém te disser que o amor morreu
Eu quero te provar que ele é real
Se alguém te disser que não existe lealdade
Eu digo que amar é a forma pura de ser leal
Se alguém quiser te enganar com mentiras
Eu te dou meu coração pra ser teu escudo
Se alguém te disser que a vida não vale a pena
Eu quero te mostrar que viver é tudo.







                                                                                                               José Luiz Brito

RAINHA DO MEU JARDIM


Caminhando pelo jardim
Avistei uma flor diferente
Da mesma espécie das outras
Mas de visual envolvente
Me vi parado a me perguntar
Como surgiu ali aquela raridade
Curioso fiquei a observar
Quão perfeita beldade
Senti desejo de toca-la
Mas teria que ser cuidadoso
Tanta suavidade a tornava sensível
Mas toquei e senti algo maravilhoso
Meus dias passaram a ser perfumados
Um aroma especial para mim
Hoje essa flor perfeita e formosa
É a soberana rainha do meu jardim.






                                                                José Luiz Brito



TRANSFORMAÇÃO


Não quero mais fazer reclamações
Não quero me incomodar aos comichões
Não quero arriscar ser inconveniente
Já sei o que quero e tenho em mente
Quero apenas caminhar no dia a dia
Abrindo os braços para a alegria
Aprendi que tenho que me frear
Quando o que não sou tenta me dominar
Prefiro estar de cabeça erguida
Não entrando na contra mão da vida
Melhor deixar cada coisa em seu curso natural
Tristeza ou felicidade são consequências afinal.






                                                                                                      José Luiz Brito



HARMONIA INTERIOR


Sentindo a brisa do mar
Sentindo na pele o vento que me acaricia
Um sonho de verão 
Vem de Deus trazendo a calmaria
Sinto toda leveza e tranquilidade
Sinto toda liberdade no caminhar
A paz das águas me invade
Meu pensamento me leva a qualquer lugar
Assim meu universo se harmoniza
Com o mundo ao meu redor
Me tornei agora mais completo
Me sinto um ser humano melhor.






                                                            José Luiz Brito, Claudia Giovana & Regilene Saturnino.

O ÚLTIMO NASCER DO SOL


Tenho  medo do último nascer do sol
Tenho medo de não ver mais a luz do dia
Amo a vida, amo as coisas que a envolvem
Mas se vier o último nascer do sol,
Ela será apenas doce lembrança.
Muitos dias felizes, outros não tão felizes 
Mas dias vividos sob a intensa luz de cada amanhecer
Algumas coisas sem sentido, muitas com todo sentido
Experiências que me fizeram crescer
Mas não conseguem me tirar esse medo
Mas me entenda, eu não tenho medo da morte
Ela é consequência da vida, ela completa a vida
Só tenho medo do último nascer do sol
Se depender de mim, evitarei o que for
Porque me sentiria vazio, incompleto
Minha vida perderia a razão de existir
Pois o nascer do sol é tudo para mim
Mesmo em dias nublados e chuvosos
O nascer do sol enche minha vida de luz
Que esteja sempre brilhando em cada alvorecer
Depois de noites quentes ou frias não importa
Pois a temperatura não altera em nada o seu efeito sobre mim
Por isso tenho tanto medo do último nascer do sol.

 

PRESENTE DE DEUS


A felicidade é como uma dádiva
Vem  assim  tão especial como um presente
Quando não se espera, surge e como é boa a surpresa
As esperanças se renovam, o sorriso se torna mais prazeroso
Conhecer alguém que te faça sentir assim  é o melhor dos presentes
Saber que tem alguém a todo  momento pensando em você
Saber que um coração pulsa no mesmo ritmo do teu
Saber que este alguém especial se emociona com sua emoção
Realmente é um  motivo a mais para se viver
Quando se recebe um grande e lindo presente de Deus.


UMA MULHER ESPECIAL


Uma  mulher especial é aquela que sabe emocionar
Sabe fazer de um momento simples
Um momento marcante a se lembrar
Uma  mulher especial  tem um  jeito que transmite paz  e singeleza
Teus olhos  brilham de forma tal
Que remetem a um mundo de pureza
Uma mulher especial tem  carisma sem medidas
Sua atitudes  são dignas
Deve ter sua virtudes reconhecidas
Uma mulher especial sabe onde pisa, sabe se compor
Mas somente tendo sensibilidade
Não qualquer um que detecta seu  valor
Quando  uma mulher  é especial o coração não se engana
Por isso essa homenagem a você
Mulher sensacional,  meu amor  Cláudia Giovana
                                               
                                                                                       


MULHER


Mulher, tens em ti o dom da vida
Tens notoriedade, jamais é esquecida
És sensível, um ato brusco a deixa sentida
Deve ser tratada de forma a não ser ferida
Uma lágrima tua nunca fica retida
Deve ser chamada sempre de querida
Mulher, entre toda a criação és a preferida
Dizem que não és fácil de ser entendida
Mas na  verdade és simples, és direta e decidida
Não gosta de dúvidas ou ficar dividida
Com isso esta questão se define e se elucida
Basta amar uma mulher para tê-la por compreendida.

DESTINOS



Embarcações cruzando os mares
Todas navegam a diferentes destinos
Aviões cortando os ares
Levando homens, mulheres e meninos
Cada um segue seu caminho
Com coragem sempre cheios de confiança
Sem saber o que os espera
Mas não deixam morrer a esperança
Muitos sonhos a serem realizados
Muitas coisas ainda por fazer
Mas não desistem nunca
Pois o que os guia é vontade de vencer

QUANDO O POETA CHOROU


Um certo dia o céu amanheceu cheio dos raios do sol
Mas de repente todo o fulgor se dissipou
Os pássaros festejavam cantarolando
Mas de repente nada mais se ouviu, tudo se calou
Sobreveio repentina chuva forte e intensa
Também não durou muito, logo parou
O vento soprava impetuosamente
Mas de repente também cessou
A noite veio trazendo o luar
Mas que tristeza, logo seu brilho se ofuscou
O que estaria acontecendo?
Porque a natureza se revoltou?
Nada estava bom neste dia
Mas explicação não se encontrou
De repente uma voz trêmula 
Do nada aos soluços bradou
Tudo que era belo e inspirador
Perdeu o sentido quando o poeta chorou
                                                                                                                                                 

NÃO FICAREI TRISTE


Mesmo que a tristeza bata a minha porta
Não ficarei triste
Ou pelo menos tentarei não deixa-la entrar
Mostrarei que tenho motivos para não chorar
Mesmo que eu sinta o vento soprando 
Levando minha paz
Mesmo que as águas rompam alguma barragem
Minha represa não se desfaz
E se por acaso vazar será como manancial
Como cachoeira forte intensa
Formando leitos, corredeiras
Levando tudo com força imensa
Mas mesmo temendo a possível angustia de um momento
Sabendo que o meu eu não resiste
Mesmo antevendo a fúria contra meu sentimento
Eu não ficarei triste
Mesmo que me desmanche, me arrase
Mesmo que já me sinta acabado
Vou apenas me fechar, me manter calado
Renovar as esperanças 
Afinal tudo pode mudar de repente
Um recomeço renovaria as forças
Pra seguir com minha vida em frente.


AMAR



Amar não é somente presentear
Não é somente galantear
Amar é estar junto
Sempre se fazendo presente
Estar no sentimento, no pensamento
Mesmo que o corpo esteja ausente

Amar não é somente elogiar
Não é somente homenagear
Amar é sentir o gosto de estar apaixonado
É marcar um coração
De modo que ele nunca se sinta abandonado

Amar não é somente acompanhar
Não é somente emocionar
Amar é se mostrar sensível
Compreender as falhas, ver que apesar delas
Tens contigo um ser humano incrível

Cativar, acariciar, harmonizar
Juntos cantar, ter um ombro pra chorar
Nas horas boas e ruins abraçar
Isto sim é amar